18/07/2010

Uma historia de amor..


Eles viveram sete anos juntos, sete anos de amor, de rumor, de intriga, de loucura, de sensualidade, ousadia, sexo e brigas. Se amavam, mas os palpites de terceiros os separavam, voltavam sempre quando não aguentavam mais a distância e terminavam sempre que não aguentavam mais as discordâncias.

Eles eram jovens, ela tinha quatorze anos quando o conheceu, se apaixonou e idealizou uma vida. Ele era aventureiro, namorador e machista, mas enternecia quando ela chegava, ela o conquistava uma vez por dia.

Após esses sete anos ela o deixou por não suportar tanta arrogância que ele alimentou aos sons distorcidos de amigos, se formou, tornou-se filósofa e poeta. Em sua estante guardava seus livros, seus conceitos, seus medos, suas aventuras e descobertas longe de suas recordações, lembranças e desejos daquela época.

Conheceu novos amores, novos lugares, outras vidas, mas ela não o esquecia, apenas guardava sua saudade sempre que algo a lembrava.

Ele viveu tudo o que queria viver nas ruas de São Paulo e casou com uma virgem para se redimir de seus pecados, não olhando para trás para não dar chances as saudades do passado e, com sua nova vida, só o futuro estável o interessava.

Conheceu outro mundo, aprendeu o valor do respeito, do companheirismo e o que é a vida, mas se o passado pudesse ser mudado ele voltaria só pra viver diferente.

Até passar mais sete anos, quando se esbarraram por aposição em caminhos pouco propícios a encontros da cidade. Ele parou, ela olhou e seguiu em frente. Ele correu ao seu encontro, ela virou e o abraçou.
Foi assim que eles perceberam a importância da separação em suas vidas, o valor da distância que tinham que viver e outras historias que eles tinham que conhecer.


O destino nos pertence, não que a vida possa ser prevista, certas coisas devemos deixar que a vida nos leve, dando espaço para o que ela tem a nos mostrar, nos deixar viver o que tem pra viver.



Como se tivéssemos que viver tudo antes de conquistar um bem maior, como se você fosse parte de um jogo e quem ganha é aquele que aceitou viver.

O universo tem o poder de transformar, assim como o mundo gira e nos devolve o que é nosso, se for nosso, não por oposição, e sim, pelas coisas que tem que ser, talvez por mérito, por se comportar ou suportar...


Música que marcou época..

14 comentários:

ONG ALERTA disse...

A vida mostrará o mlehor caminho a seguir...paz.
Beijo Lisette

Pérola disse...

Poxa vida amada que história linda.
Quando o amor é verdadeiro ñ tem jeito né,pode passar anos mas o reencontro é inevitável.
Amada o meu imail é angelabs05@hotmail.com
Eu ñ tenho imail no meu perfil para evitar algumas novidades desnecessárias rs.
Vergonha de que?
Pode me mandar q eu visito ok.
Beijokas.

A.S. disse...

Querida...

A vida todos os dias nos ensina e nos surpreende!

BeijOOO
AL

Canteiro Pessoal disse...

Querida. Belíssimo!

Abraços.

Priscila Cáliga

Tetê disse...

Oi, Pri querida... Às vezes, num relacionamento surge um abismo e é preciso retroceder para dar um impulso para a frente. E essas separções estratégicas funcionam bem para isso. Ruim é quando um do dois se envolve com outra pessoa... Obrigada pela visita ao Livre Pensamento! Feliz de encontrá-la em meu cantinho! No meu post de hoje, deixo uma mensagem e meu cartão pelo Dia do Amigo que é amanhã! Bjks Tetê

Espaço Cris Padilha disse...

Oiêê!!! como está, querida amiga?? Estou com saudades!!! Bjsssssssssssssssssssssssssssssssssssss

Lindalva disse...

querida amiga sumi e apareci, mas sempre com as pessoas que conheci aqui na net no meu coração. Aparece na ilha e me segue de novo, perdi os seguidores na exportação do blog e queria que mandasse para meu email lavanda64@gmail.com uma das tuas poesias pois reabrirei o ostra da poesia na sexta TE ESPERO ok? beijos no coração

Sônia Silvino disse...

Que linda história! E a música... maravilhosa!
Bjkas, minha linda!

Espaço Cris Padilha disse...

"Dos amores humanos, o menos egoísta, o mais puro e desinteressado é o amor da amizade."
Feliz dia do AmigO, Priscila!BjS!

Tetê disse...

Oi, querida... Obrigada pela visita ao Livre Pensamento! Bjks Tetê

Pérola disse...

Beijos minha linda.
Uma linda noite regada de muita paz e muito amor.
Beijaço para ti rs.

enaile disse...

Oieee ;} Volteeeeeei.. lembra d emim? lembra ? hahaha

pois é menina voltei com tudo agora.. to postando e dei uma melhorada no visual do meu blog ;D mudei tuuudo ;D

tirei aquela imagem com a minha fotos abe :D da uma olhadinha la e pega o novo button :D
beeeijos

ONG ALERTA disse...

Podemos sempre mudar mas tem que querer, paz.
Beijo Lisette

Priscila Rodrigues disse...

Obrigada, meus amores, pelo carinho, por tudo..

Beijão em cada um.