15/08/2010

O patrão nosso de cada dia..

Tantos procurando emprego sem êxito e eu querendo ser desligada da empresa. Já faltei, já errei documentos importantes, já esqueci (propositalmente) de fazer meu dever, só faltei fazer simpatia e nada..

Não sei se meu patrão me ama ou me odeia, se eu sou prestativa levo nomes (baixos), se deixo a desejar sou contemplada. Dá pra entender um TURCO? Sim, ele só quer dinheiro no bolso, não importa as circunstâncias..

Trabalhar pra turco é renunciar 90% da sua vida, você trabalha de sol a sol e chega no final do mês seu holerite tem tantos descontos que não sabemos de onde vem, e nem adianta perguntar porque a resposta é sempre a mesma... “o que é seu é seu, o que é meu é meu, esta certo!”. Certo vai ser as contas do juiz logo após a rescisão!!!

De turco eu só gosto das piadas..

Um mendigo toca a campainha da casa daquele turco que de tão pão-duro,
diziam que era capaz de tomar banho com um Sonrisal na mão, sem deixá-lo
derreter.
- Quem é? - grita, ao ouvir a campainha.
- Uma esmolinha, pelo amor de Deus!
- Pode enfiar debaixo da porta!


Sem contar que a família toda tem o mesmo nome... ¬¬

Mas tudo isso é culpa minha, quando meu pai dizia pra eu estudar não dei ouvidos. Hoje sou escrava da administração de comércios “Deus-nos-acuda”.

Música dos anos sacrificados..



♫Eu vivo preso

A sua senha
Sou enganado..

Eu solto o ar
No fim do dia
Perdi a vida..♫

10 comentários:

Fernanda Valente disse...

ai amiga, já trabalhei com TURCO. É assim mesmo... uó do borogodó. hehehehehehe.

Bom, etou tomando o rumo para a vida de solteira... é uma dor muito grande a separação, mas... às vezes Deus permite isso. Terei que entender...

beijos no coração. Deus te abençoe!

Pérola disse...

Vc está trabalhando para um turco?
Dizem q é fogo mesmo,sangue suga para ser mais exata.
Que nada,as coisas vão melhorar ok.
Beijos minha flor.

Camila Almeida disse...

adorei seu blog, estou te seguindo! So nova por aqui! Siga-me tbm? bjs!

Lobo Cinzento disse...

Chefe é tudo doido. A minha chefa vive me dando esporro, mas fico sabendo pelos outros que ela me adora, e se arrepende amargamente de ter passado algumas das minhas funções para outras pessoas... mereço? XD

Passando por aqui para retribuir a visita no uivos XD. Muito legal seu blog. Estou a te seguir!

Um beijo!

A.S. disse...

Pris...

Apenas deves ser prudente. Nunca confies em quem não conheces bem!

BjO´ss
AL

ONG ALERTA disse...

Sabe tudo pode ser aprendizado, paz.
Beijo Lisette

Tetê disse...

Pri... eu estou mijando de tanto rir... não da sua "desgraça", mas do fato de Maurício ser neto de turco! Meu sogro era filho de um turco mascate! Foi vendendo mercadorias de porta em porta que ele chegou ao norte do RJ e veio descendo até conhecer a filha de um salineiro aqui em Araruama e fazer um casamento milhionário! Quando o velho turco morreu, os filhos fizeram farra com a herança e só a filha mulher que era casada também com um salineiro é que conservou a fortuna. Meu sogro contava que o pai tinha os armários todos trancados a chave e meu sogro era um amor, mas também pão duro, regulado... Maurício só não é mais pão duro por falta de dinheiro. Se um dia tiver dinheiro, não vai negar o sangue turco! rs...rs...rs... Deus ajude que você se livre logo desse carma! Bjks Tetê

Sônia Silvino disse...

A fama é realmente graaande, amiga!
Beijinhos, muitos!

Ronaldo disse...

oi querida,

patrão é patrão.

por sorte tive muito mais patrões bons do que ruins/chatos.

logo vai ter um bom patrão ;o)

bjssssss na mão

Priscila Rodrigues disse...

Obrigada, amores, vejo vocês nos seus.. ;)

Beijos.