20/02/2011

Remembering... O Fim.

Sabe quando você esta com o texto nas pontas dos dedos, mas não saiu como você planejou? Hoje passei a tarde escrevendo um texto, me aborreci e deletei tudo. Esse aqui eu escrevi faz um tempinho, mas essa semana eu trago novidades, pois hoje alcancei minha cota de escrita sem êxito. rs.

Um beijo. ♥


Ele não via a hora de chegar em casa pra se encontrar com ela e saciar seus desejos, tinha dias que ele nem saia só pra poder estar junto, acariciando cada canto de seu corpo, olhando cada curva que não se desfazia com o tempo.

Ele admirava seu modo de se vestir, seu modo de se despir daquele vestido branco que ela adorava colocar, seu jeito sensual de andar. Sonhava, mesmo acordado, com seus beijos, com sua voz suave que lhe seduziu desde o primeiro dia.

Ele trazia flores, dizia sempre que a amava e seria eternamente fiel, que nenhuma mulher ocuparia o lugar em sua cama, que outra jamais o atenderia da maneira que ela lhe proporcionava prazer intenso.

Certo dia, ao chegar em casa, ele encontra seu apartamento em chamas, desesperado, nada mais importava naquele momento do que salvar as únicas lembranças de sua mulher que viravam cinzas diante de seus olhos, sobrando apenas uma das fotos que ele todos os dias a pressentia.

Ao entrar em seu quarto, somente sua cama ainda havia fogo, pensou em se deitar imaginando novamente a encontrar, até ouvir uma voz doce dizendo pra não se entregar. Era ela em seus pensamentos.

Ele saiu do apartamento confuso, deprimido, e morreu de infarto em frente sua casa, onde ela havia sido morta.


Fim.

13 comentários:

Idelvani Silva disse...

É perfeito, lindo.
bjos Pri.
uma ótima semana pra vc.
idelvani.blogspot.com

Adriana Alencar disse...

O amor transcende a morte. Profundo!
Bj
Adri

Chica disse...

Puxa! Lindo e emocionante, forte texto. Já está teu nome por lá!beijos, obrigado,chica e linda semana!

Everson Russo disse...

O amor vai alem de tudo...até a propria morte...grande beijo de boa semana pra ti.

gatinhafofa disse...

um texto mesmo muito forte e emotivo!! muito tragico tambem!! espero que estejas bem.

Lobo disse...

Ah, eu tenho desses dias, que nada sai. Por isso que nunca é bom se forçar, o melhor é escrever quando der vontade.

Sou fã de finais trágicos XD

Um beijo Pri!

Anne Lieri disse...

Pri,um conto surpreendente!Final triste,mas de um amor muito grande!Adorei!Quanto ao meu livro,tenho um romance adulto,um livro infantil da menina voadora e agora escrevi outro da menina voadora,mas está em fase de ilustração.Obrigada pelo seu interesse e carinho sempre!Bjs,

Tetê disse...

Pri... arrepiou! Não existe barreiras para um verdadeiro amor... nem a morte! Obrigada pela visita ao Livre Pensamento! Bjks Tetê

Pérola disse...

Oi gatona rs.
Eu li seu texto,muito inspirativo e romântico com uma pequena dose sutil de drama.
Olha só heim!!! Esta me saindo melhor do que encomenda.
Amanhã te ligo para botar as fofocas em dia huahua hua.
Parabéns loirona rsrsrs.
Beijokas millllllllllllllllllll.

Sônia Silvino disse...

Pri querida!
Já estou na frente do "cinema" esperando que se inicie a sessão! rs
Vim ler as novidades e deixar um presente para você:



ABRA TEU CORAÇÃO



Quando tua alma

Parecer pequena,

Mesmo quando achar

Que amar não mais vale a pena,

Abra teu coração!

E quando a noite chegar

E a solidão te alcançar,

Ainda assim, eu peço,

Abra teu coração!

Vou te contar um segredo:

Um coração

Só abre por dentro

E só o dono tem a chave!

E se ele se fecha ou se abre

Depende unicamente de ti.

Abra!

Tire as mágoas,

Jogue fora as tristezas,

Deixe somente doces lembranças

E faça um lugarzinho

Pra acolher as belezas

Que a vida te reserva.

Tenho certeza

Que a ternura vai fluir.

Teu coração renovado

Será fonte de alegria,

E será maravilhoso te ver sorrir.

Autora: Letícia Thompson

____________________________

Boa semana!

Beijinhos, muitos!!!

Sônia Silvino's Blogs

Vários temas & um só coração!

ONG ALERTA disse...

O amor é tudo...
Beijo Lisette

Mariana disse...

Nossa, que tristeza! Eu tava esperando um final feliz!
Mas o texto é realmente lindo, acho que o verdadeiro amor vai além de qualquer barreira.
E, realmente, tem dias que nada sai. Já passei por isso, e esse escreve-apaga isso mesmo!!
Beijinhos!!!

http://mmansur.blogspot.com/

A.S. disse...

Minhas mãos se lembram das tuas,
E durmo com o teu nome beijando a minha boca!


AL