01/04/2012

Eu vi o Wagner Moura e você não :P


Estávamos uma amiga e eu num barzinho do Vl. Madalena tomando algumas coisinhas do tipo Cerveja, St. Remy e Passport. Típico de sexta feira, a fim de nos reabastecer da exausta semana.  

Conversando, eu percebo que minha amiga parou de prestar atenção no que eu dizia e não tirava os olhos de trás de mim, sem piscar. Até estalei meus dedos, mas só ouvi “Minha nossa, não acredito” dela, então, me virei pra tentar entender o que estava acontecendo que deixou minha amiga de boca aberta.

Quando eu me viro, eu só consegui dizer “Minha nossa, não acredito”, e paralisei.  Estava sentado atrás de mim, nada mais e nada menos, pois somente ele que conseguíamos ver a princípio, o to-do-do-to-so Wagner Moura. Ele ali, to-do-per-fei-ti-nho, e só demos conta que ele estava acompanhado depois de alguns minutos entorpecidas naquela cena mais que ma-ra-vi-lho-sa no lado mais isolado do bar.

 Quando conseguimos nos recuperar do transe, pensamos em fazer algo que nos aproximasse, pelo menos, um pouquinho dele, enquanto eu mudava minha cadeira de posição de frente a ele. Não conseguíamos pensar em nada a não ser fingir que estava indo ao toalete e errado o caminho. Ou fingir que tinha uma barata em nossa mesa e correr para os fundos, apavoradas, e pular em seu colo. Mas não, respiramos fundo e tentamos pensar em outra coisa.

Eu nunca fiquei eufórica ao ver uma celebridade, já vi vários passarem perto de mim e a única coisa que eu fiz foi cumprimentar com um sorriso e dizer “Hum.. olá” e continuar andando. Mas era o Wagner Moura ali to-do-ten-ta-dor, no mesmo bar que a gente. Não poderíamos perder a oportunidade de, no mínimo, uma foto.

Então chamamos o garçom, pedimos mais uma bebida e o intimamos a levar um bilhetinho a ele dizendo que gostaríamos de nos aproximar, só um pouquinho, para uma foto. E se ele não levasse o bilhete iríamos fazer perder seu emprego o culpando por derrubar a bandeja em cima de nós – daríamos um jeitinho pra isso acontecer.   

O garçom: Não precisa tanto, já estou levando. Enquanto tomávamos, de uma só vez, a dose de uísque que o colega da mesa ao lado nos presenteou – foi o único uísque também, pois estávamos ocupadas para dar atenção olhando Wagner Moura. Enfim, notei que aquele uísque apagou nosso fogo acalmou nossa ansiedade.

O garçom sumiu que nem notamos, mas entregou o tal bilhete que nos favoreceu a sermos percebidas em nossa mesa próximo a entrada. Depois disso não conseguíamos mais encará-lo, ficamos tímidas, duas tontas com o rosto vermelho tentando disfarçar que estávamos embaraçadas.

As horas se passavam e ficamos só no entre olhares, sorrisos e acenos de sim ou não, até dar nossa hora de irmos pra casa, pois já estávamos pra lá de Bagdá e tristes por não conseguirmos tirar uma foto com o to-do-de-li-ci-o-so Wagner Moura. Ligamos pra uma amiga ir até nós para dirigir o carro, pois não aguentávamos nem com a gente, enquanto a esperávamos no fim do estacionamento onde estava nosso carro.

Foi quando, como uma luz brilhante mostrando o fim do túnel, ao abrir uma porta que nem notávamos estar ali, menos ainda, esperávamos sair por ela lindo e moreno Wagner Moura to-do-char-mo-so vindo ao nosso encontro.

Uma fechando a boca da outra conseguimos nos conter e nos comportar como duas Ladys, enquanto ele perguntava aonde iríamos tão cedo. Papo vai papo vem, não quero deixá-las (os) com vontade, conseguimos as fotos, alguns abraços e, por fim, nossa amiga chega e, ao se dar conta que estávamos com o to-do-pri-mo-ro-so Wagner Moura, quase desmaia nos fazendo passar vergonha.

Fim, para nossa alegria! :D

Fiz um álbum de nossas fotos, onde vc pode visualizá-las  AQUI.

Um beijo ♥ 

5 comentários:

Moni Abrao disse...

hahahah
Adoreei ^^
abri a página das fotos imaginando o que você teria colocado e ri alto da imagem!
Uma ótima semana!
beijos

Phạm Minh Tâm disse...

( Thank blog for you great - http://www.vatinam.net )

Henrique disse...

kkkkkkkkkkkkkkk, mas é besta mesmo

Anna disse...

Pior que eu cai direitinho!

JLynce disse...

As mulheres quando encaram de frente com um cara todo charmoso derretem-se como a manteiga num daqueles dias de imenso calor...
:)))