19/06/2012

Pra onde vai a “soberbêz”


(Dois casos parecidos em 
um mesmo post, onde 
um caso é verídico e o 
outro nem tanto assim 
como narrei)

Ele sempre foi do tipo “saúde é o que interessa o resto não tem pressa”. Dono de uma beleza sublime, olhar encantador e sorriso perfeito. Um corpo escultural, dourado do sol no ponto certo e músculos definidos.

Como sua aparência física o favorecia a “escolher” as mais bonitas, elegia uma a cada dia pra se divertir. Como ele mesmo dizia: “Eu posso, sou bonito, sou musculoso, sou charmoso, tenho carro e uma moto. Pra estar ao meu lado tem que ter, no mínimo, a perfeição”.

Já tinha se tornado hobby iludi-las dizendo serem únicas, só que se esquecia de dizer a tal, ser a única da noite e não em sua vida – pelo menos não eram várias num único dia.

Ele gostava das recatadas. Dizia que a mulher pra ser digna de sua companhia é aquela que mal sai de casa, aquela que só trabalha, estuda e vai à igreja nos fins de semana. Balada é coisa de leviana, essas não servem!

Ai dela beijar no primeiro encontro. Ai dela beijar de língua no segundo encontro. Ai dela sentir tesão no terceiro encontro.. Pra ele não servia! Pois a mulher digna tem que se preservar. Entretanto, pelo menos, ela não precisava ser virgem, pois se não “rendesse” na cama também não servia.

Não adiantava chorar dizendo que o amava se a mulher, além de ter todos os atributos citados acima, não tivesse faculdade e dinheiro no bolso, também não servia. Pois só as bem de vida eram dignas de andar no seu Gol Bolinha (Pois é, Gol Bolinha).

Enfim.. Um belo dia, porém frio, muito frio. Ele tinha acabado de tomar seu banho quentinho, já havia escolhido sua roupa, seu perfume e a mulher da noite. Quando ele sai do banheiro e, seu corpo quente em colisão ao vento frio da noite, faz ele se sentir mal e desmaiar, acordando no hospital.

Seu mundo perfeito se acabou naquele dia e sua vida não fazia mais sentido. Ele não acreditava que tivesse sofrido um derrame seguido de uma hidrocussão. Ao se olhar no espelho, em cada lágrima de seu rosto, ele via o reflexo de cada mulher iludida e lembrou-se de tantas que, por ele, choraram.

Perdeu seu carro, sua moto, pois precisava pagar os tratamentos e afastado pela caixa mal dava pra comprar mantimentos. Perdeu sua beleza, sua autoestima e sua eficácia em seduzir.. Já não era o mesmo homem.

Com algumas cirurgias conseguiu reparar 60% do seu rosto. Com muita terapia conseguiu se conformar a nova fisionomia e, com muito sacrifício, mudou de conceito sobre as mulheres, já que não podia mais escolher.

Um dia, muito triste, andando pelas calçadas de seu bairro, encontra uma velha colega de escola. Uma menina desprovida de beleza que sentava na primeira carteira e não conversava com ninguém por se sentir rejeitada. Infelizmente os anos não a fizeram bem, continuava estranha. Mas sua simpatia supria o que lhe faltava por fora.

Depois desse dia ele não parou de pensar naquele encanto de palavras que sussurravam músicas em seus ouvidos. Por sorte trocaram telefones. E, quando ele não aguentava mais de vontade de ouvir sua voz novamente, telefonou pedindo para se encontrarem.

Ela, se sentindo com “sorte” aceitou encontrá-lo. No primeiro encontro se beijaram, fizeram amor e dormiram de conchinha, selando o início de um relacionamento para toda a vida..

Fim feliz J 

10 comentários:

Everson Russo disse...

Muitas vezes é assim,,,a vida se complica...beijos de bom dia pra ti amiga.

Sónia M. disse...

Não há alma que escape e se não renda...ao verdadeiro amor.
Um dia, quando menos se espera, ele aparece.

Beijos meus
Sónia

Lynce disse...

Magnifica lição para todos aqueles que têm a mania de engatações e que se julgam os melhores do mundo no que à arte de engatar mulheres diz respeito...Pois olha, minha simpática e lindona amiga, cá para o Jorginho - que não é nada esquisito -, qualquer mulher serve, desde que, obviamente, haja quimica e tesão.
Beijinhos do lado de cá do rio!
:)))

Tetê disse...

Sorte dele, né? Como diz minha mãe: "há sempre um chinelo velho para um pé doente"! Bjks Tetê

✿ chica disse...

A vida da voltas e mostra caminhos..Ao final, se encontram...Lindo! beijos,ótimo dia,chica

Everson Russo disse...

Um bom dia pra ti minha amiga...beijos.

Tetê disse...

Oi, querida... Obrigada pela visita ao Livre Pensamento! Fico feliz de encontrá-la em meu cantinho! Bjks e bom final de semana! Tetê

ONG ALERTA disse...

Tudo tem hora e lugar, a vida é sábia, beijo Lisette.

✿ chica disse...

Vim agradecer teus carinhos por lá e desejar u7ma semana linda e legal!! beijos,chica

Tetê disse...

Oi Pri! Que bom que você curtiu viajar no Livre Pensamento! Hoje estamos recebendo a visita de um Anjo... Quer saber quem é? Passa lá! Bjks Tetê