13/08/2012

Salada dos sonhos [2]



Hoje aconteceu um fato muito triste, mas que me fez lembrar de algo engraçado (aquelas coisas que rimos depois de passado alguns anos), que foi mais ou menos assim:

Eu tinha um namorado que me ligava de madrugada dizendo que estava com saudades e não desligava enquanto eu não saísse no portão para vê-lo. Não adiantava dizer não e desligar, ele insistia até eu levantar. Eu até gostava, depois de muita luta acordava, pulava a janela escondida (pois na época meu pai morava comigo e ele é bravo) e ia lá fora, ou descia a rua até a casa dele.

Certo dia eu fui dormir tarde, mesmo estando super cansada, e naquela madrugada ele me liga dizendo pra eu descer até a casa dele, mas o meu cansaço era tanto que a realidade se misturou com meus sonhos e aconteceu de eu dizer a ele que estava descendo, que era pra ele me esperar no ponto de ônibus (???), e ele: Que ponto? Vai descer aqui ou não vai?

No mesmo momento eu estava sonhando com um amigo me chamando no portão pra irmos trabalhar juntos, então eu disse a esse amigo no sonho: Estou descendo, me espera no ponto de ônibus.. kkkk. Engraçado que entre minha casa e a dele realmente tem um ponto de ônibus..

No dia seguinte eu não me lembrava de nada até olhar a mensagem dele no meu celular dizendo: PQP, Priscila, e blá blá blá. Foi quando eu me lembrei de tudo.. 

Hoje em dia se alguém me liga de madrugada, que foi o que aconteceu hoje, tem que perguntar três vezes se eu estou acordada e entendendo tudo, pois eu respondo coisas que eu não vou me lembrar depois.. #FicaDica!

4 comentários:

Von disse...

Então fica mesmo combinado, quando eu aí chegar, pergunto várias vezes se estás mesmo acordada ou a sonhar...heheh
Beijinhos, lindona!
:)))

✿ chica disse...

Ser acordada à noite não é nada agradável e pode nos pegar meio tonta de sono ou de susto,rsrs beijos,chica

Tetê disse...

Nossa... é um perigo isso de falar dormindo! A gente chama Léo de Fred, faz juras de amor, promete mundos e fundos... depois... depoooois... rs...rs...rs... Bjks Tetê - Livre Pensamento

ONG ALERTA disse...

Náo gosto quanto toca o telefone a noite, ja tive uma experiëncia horrível.
Beijo bom domingo, Lisette.